O som do trivial.

20 01 2010

O artista francês Céleste Boursier-Mougenot possui um trabalho de nuances delicadas, que transita na fronteira entre a música e as artes plásticas.

Para esta instalação intitulada “The Curve” criou um trabalho a partir dos ritmos da vida cotidiana para produzir sons inesperados e randômicos, para tanto, ele fincou guitarras elétricas e outros instrumentos e objetos em um cativeiro de tentilhões-zebra os acostumando com os equipamentos.

O resultado desta experiência criativa é que dias depois, na rotina diária dos pássaros, estes passaram a empoleirar-se e a alimentar-se nos instrumentos, produzindo uma série de sons randômicos com seus toques captados ao vivo por câmeras e mostrados no vídeo abaixo.

Realmente uma cativante paisagem sonora.

Anúncios




TED – Idéias que valem a pena difundir.

26 10 2009
ted

Dizem que sou louco por pensar assim...Mas louco é quem me diz e não é feliz...

O TED – Technology, Entertainment, Design – é basicamente um evento onde se discutem e se apresentam grandes idéias, sobre economia, tecnologia, design, entretenimento, ciências e outros campos de conhecimento.

Até bem pouco tempo, os vídeos só eram acessíveis a quem fosse detentor de um bom inglês, e ainda é o caso de muitos deles, mas recentemente, foram abertas as traduções de legendas para voluntários e caso você possua um inglês, digamos, quase britânico e boa vontade, dê uma olhada no programa de tradução.

Quando clicar no Play, não se esqueça de habilitar a legenda logo ao lado, no View Subtitles e escolha a língua portuguesa (do Brasil). Todos os vídeos com tradução para o português do Brasil tem legenda pt_br.

 As conferências da TED tomaram grandes proporções e acontecem nos Estados Unidos, Reino Unido e Índia. Nomes como Bill Gates, Gordon Brown, Al Gore, Bono Vox, Richard Dawkins, Dan Dennett, Freeman Dyson, Murray Gell-Mann, Peter Gabriel entre outros, já palestraram nestes eventos.

Como amostra do que estamos falando clique no link abaixo e assista o relato de William Kamkwamba do Malawi (país da África Oriental, que fica limitado a norte e a leste pela Tanzânia, a leste, sul e oeste por Moçambique e a oeste pela Zâmbia) que aos 14 anos, em meio à pobreza e fome construiu um moinho para gerar eletricidade para a casa de sua família.

Hoje, aos 22, William Kamkwamba, palestrante no TED, pela segunda vez, conta com suas próprias palavras a emocionante história da invenção que transformou sua vida.

“A gente muda o mundo na mudança da mente
E quando a mente muda a gente anda pra frente
E quando a gente manda ninguém manda na gente”

http://www.ted.com/talks/lang/por_br/william_kamkwamba_how_i_harnessed_the_wind.html

Fonte: www.ted.com